24 de mai de 2012

Quando a imprensa extrapola

Irineu Tolentino

Há casos e casos, mas, para mim, expor o rapaz dessa forma, em uma entrevista vexatória, descredencia mais a emissora que a repórter.

Para piorar a situação, a Band resolveu o problema demitindo a repórter do Brasil Urgente, a senhora Mirella Cunha... Uma sucessão de erros grosseiros.

Apesar de inadequado o comportamento da moça, não sejamos hipócritas: quem é que não riu? Qual mortal permaneceria impassível diante da situação?

O problema em si não está no riso, na reação humana que a moça teve (embora inadequado), está na exibição da imagem e o controle disso cabe à produção do programa.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário