26 de jun de 2013

Taxação de grandes fortunas

Não acho que rico deva pagar mais. Os cálculos de impostos, via de regra, são feitos à base de porcentagem, e não há nada mais proporcional do que ela para equacionar o que se ganha e o que se paga.

O problema é de má gestão de recursos e falta de visão estratégica.

Rico não é inimigo do Estado ou do povo por ser rico. É preciso desconstruir essa ideia.

Proposta da bancada do PT é golpe baixo.

---------------

Folha de São Paulo:

Em resposta às ruas, bancada do PT apoiará proposta de taxação de grandes fortunas

CÁTIA SEABRA

DE BRASÍLIA

Após quatro horas e meia de reunião nesta terça-feira (25), a bancada do PT na Câmara decidiu anunciar apoio à proposta de taxação das grandes fortunas.
A iniciativa é uma tentativa de reaproximação do partido com os movimentos populares e uma reação à série de protestos que se espalharam pelo país nas últimas semanas.
"O empresariado também tem que ajudar com alguma coisa. Por que só os cofres públicos?", disse o líder do PT na Câmara, José Guimarães, frisando que essa é uma proposta da bancada.
O líder do PT defenderá publicamente a proposta na noite desta terça-feira, no plenário da Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário