13 de jun de 2013

Movimento Passe Livre


Não podemos condenar o movimento com um julgamento simplista a partir das condutas de pessoas de má-fé infiltradas estrategicamente. Assim o jogo fica fácil. Para deslegitimar qualquer protesto, basta infiltrar vândalos entre os manifestantes e pronto, a opinião pública será facilmente cooptada.

É preciso levar a democracia um pouco mais a sério. Quem quiser se aventurar a julgar  os movimentos sociais, precisa de um pouco mais de inteligência para separar o joio do trigo.

Devemos tirar lições desses movimentos (passe-livre, greves e vários outros que ocorrem no mundo inteiro). Por exemplo, suas intensidades e grau de êxito têm demonstrado o estabelecimento de uma nova ordem. O governo não tem mais tanto controle da sociedade como tinha antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário