22 de out de 2012

Mensalão, Valerioduto e outros Dutos


Esqueçam, ao menos por um momento, esse negócio de "partido político". Não é isso que está em questão, não é esse o debate. Não se trata de idoneidade ou não de partidos, mas de pessoas.
Todos criticam o PT pelo mensalão, mas, lembro-me bem, o próprio Fernando Henrique Cardoso, ao ser sondado pela imprensa a respeito dos prováveis ministros logo que Lula ganhou as eleições, afirmou que José Dirceu tem um ótimo perfil para ser ministro Chefe da Casa Civil. Pouco tempo depois ele levou uma bengalada.
FHC tem (ou teve) vínculos com o Advogado-réu Rogério Tolentino ( link ).
Lula também tem pecados graves que não dá para esconder com o manto "mágico" do "não sei de nada".
A corrupção de "alto nível" não é criação do PT, e não terminará se ficarem de fora integrantes de outros partidos.
Na verdade, a própria expressão "mensalão" (tratada na Ação Penal 470) é imprópria. Ela nos dá a falsa noção de que todos os corruptos já foram denunciados e serão punidos pelo STF, o que não é verdade. Muuuuitos outros transitam livremente por aí...

Nenhum comentário:

Postar um comentário