8 de ago de 2012

Inferno na Síria

Acho que a Síria é o único país do mundo que tem uma população decrescente.
Todo dia está morrendo gente por conta dessa guerra estúpida.

Parece-me que a estratégia do governo e dos rebeldes não está funcionando nem para um nem para outro.
Enquanto isso, a comunidade internacional, especialmente a ONU, limita-se a se sentir aterrorizada. Rússia, China e Irã permacem, ao que parece, comodamente indiferentes aos massacres.

Seria melhor se o povo (rebeldes, manifestantes, seja lá como queiram chamá-los), tivesse um lampejo - ainda que assoprado por algum espírito iluminado - e adotasse a estratégia de Gandhi, praticando a desobediência civil e a não violência. Governo nenhum resiste à paralisação geral do seu povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário