9 de dez de 2012

O Brasil Fora dos Trilhos

Quem  defende o uso do transporte público no Brasil, provavelmente não o utiliza. Quem condena o trânsito, provavelmente não conhece o transporte público. Está tudo muito ruim.

O Brasil está parado por falta de transporte: de carro você não vai a lugar algum (pelo menos num tempo razável), e, de transporte público, você precisa de sorte para conseguir um lugar no horário certo, como também precisará para sair na estação ou ponto desejado. Sem falar no fato de que, enquanto você estiver dentro do coletivo, precisará de botina com bico de aço para não ter os dedos dos pés esmagados. Ah, e se, por alguma razão, você tirar o pé do chão perderá o lugar.

Nossos trens e metrôs são uma vergonha. Dói-me dizer isso, mas é verdade! No Brasil é tão ridícula a expansão do metrô que, ao invés de se estender  a malha, cria-se o engodo de construir estações entre estações próximas, gastando-se dinheiro no lugar errado.

Ferroanel? Sim, a proposta já é conhecida, mas é preferível o ultrapassado e anacrônico rodoanel, viadutos, faixas adicionais nas rodovias...

Interligações das regiões do Brasil? Só mediante rodovias. Poderíamos  ter  ramais ferroviários, mas prefere-se queimar diesel e gasolina para transportar coisas e pessoas, poluindo, destruindo asfalto, congestionando e provocando acidentes.

Até quando o Brasil vai continuar ignorando a importância do transporte ferroviário, que é bom, barato e ecologicamente correto,  e investir como gente grande?

Nenhum comentário:

Postar um comentário